Para que serve a Sociologia?

O positivismo criador da expressão sociologia perspectivou-a no sentido de elevar o pensamento sobre as sociedades ao estatuto científico. Praticamente duzentos anos depois as ciências sociais institucionalizaram-se num patamar intermédio entre a filosofia e uma investigação científica de papel e lápis, melhorada com o acesso aos computadores. Mas sem acesso a instrumentos técnicos que não podem deixar de ser relevantes para os estudos sociais, como os usados na saúde (imagiologia, medição de hormonas, por exemplo) e que podem ser mobilizados a partir da experiência actual de outras ciências, práticas profissionais e metodologias.
A luta para conquistar acesso a tais recursos instrumentais para fazer sociologia depende da capacidade de afirmação da teoria social sobre os rumos que pretende seguir para se integrar de pleno direito no mundo da ciência, actualmente designado ciências naturais. O que implica uma definição clara do seu objecto de estudo (a sociedade) no centro do debate científico. E uma ideia do lugar da sociedade humana entre os outros objectos científicos, de modo a ser possível estabelecer um diálogo cognitivo intracientífico produtivo.


2 comentários a “Para que serve a Sociologia?”

  1. A proposta ambiciosa é, por um lado, importante para melhor utilizar os conhecimentos adquiridos, assim como para lhes dar visibilidade, visto a ciência enquanto epítopo ser, por si só, um chamariz atractivo e um carimbo de qualidade.

    Aguardo curiosamente os próximos artigos 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *